A Google pode fazer uma oferta pelo Twitter em breve

23 Set 2016 Mundo Online
23144711723134-t1200x480

23144711723134-t1200x480

Embora seja uma rede social bastante utilizada, o Twitter tem passado por uma série de problemas nos últimos tempos. Entre elas está o fato de que, apesar de sua popularidade, o serviço está estagnado do ponto de vista financeiro — além disso, ele tem sido alvo de críticas quanto à sua incapacidade de combater assédios feitos por alguns de seus usuários.
Segundo informações obtidas pela CNBC, esses problemas não são suficientes para evitar que ao menos algumas companhias estejam interessadas em comprar o site. Informações obtidas pelo veículo dão a entender que o Google e a Salesforce, entre outras companhias de tecnologia, estão conversando sobre uma possível venda em um futuro próximo.
Os rumores já estão deixando alguns investidores animados: desde que a notícia foi divulgada, as ações do Twitter tiveram valorização de 20% em seu valor — tendência que continua. Vale notar que, embora  CNBC garanta que há “expressões de interesse” na compra da companhia, nenhuma oferta formal foi feita até o momento atual.
Caso o Google consiga comprar a rede social, ela pode ter em mãos a chance de finalmente causar impacto nesse mercado: tanto o Orkut quanto o Google+ falharam em conquistar tanta atenção quanto seus concorrentes mais diretos. Já a Salesforce é conhecida por sua especialidade na nuvem (e suas boas finanças), o que pode ajudar o Twitter a diversificar suas atividades e ganhar espaço entre serviços corporativos.


Mais Notícias

Apple ameaçou excluir o Uber da App Store

O sucesso atual da Uber talvez não seria uma realidade se Travis Kalanick, CEO da companhia, não tivesse demonstrado um pouco de humildade diante de Tim Cook, o chefão da Apple.

Facebook vai ler e publicar seus pensamentos

O Facebook informou que está trabalhando em um sistema que permite que as pessoas digitem usando apenas seus pensamentos. O projeto foi anunciado na quartafeira (19) na conferência anual da empresa voltada para desenvolvedores, a F8, na Califórnia.

Facebook lança guia para reconhecer notícias falsas

Desde o ano passado, o Facebook vem trabalhando em uma ferramenta capaz de identificar notícias falsas compartilhadas na rede social. O recuso já estava sendo testado em países da Europa, como Alemanha e França, e agora a empresa lançou um guia de como reconhecer essas informações não confiáveis.