C.Vale: Obras do abatedouro de peixes entram na reta final

21 Jul 2017 Fonte: Portal Palotina Agricultura e Pecuária
Setenta por cento dos trabalhos foram concluídos até o início desta semana

Setenta por cento dos trabalhos foram concluídos até o início desta semana (Foto: Renan Tadeu Pereira )

Sete meses depois do início das obras civis, a construção do frigorífico para peixes da C.Vale está dentro cronograma previsto. Até o início desta semana, as empreiteiras envolvidas no projeto haviam concluído 70% dos trabalhos. As atividades se concentram nas instalações elétricas e de automação, e a montagem dos equipamentos de refrigeração e de vapor. Os operários também começaram a colocação de portas e janelas e aplicação de revestimento no piso da indústria.

A nova planta industrial, que começou a ser construída em novembro de 2016, terá 10.012 metros quadrados e funcionará próximo ao abatedouro de frangos, onde já existe a infraestrutura para garantir o fornecimento de energia elétrica e tratamento de efluentes. A previsão da C.Vale é inaugurar o novo empreendimento em outubro, mês em que se completam 20 anos de atividades do complexo avícola da cooperativa. Inicialmente a nova planta industrial irá abater 75 mil tilápias/dia. A estrutura física em construção permitirá a duplicação do processamento de peixes apenas com a instalação de uma segunda linha de produção. Associados da cooperativa já estão criando os primeiros lotes de tilápias que deverão estar prontos até outubro. “Estamos criando mais uma alternativa de renda para os nossos produtores. O oeste do Paraná é o maior polo de produção de peixes do estado, então estamos aproveitando uma vocação natural da região”, explica Alfredo Lang, presidente da C.Vale.

Abatedouro de peixes 

Investimento: R$ 110 milhões

Produção inicial: 75 mil tilápias/dia

Área construída: 10.012 m2

Integrados: 300

Novos empregos: 400

Operários na construção: 70

Empresas: 4

Com informações de Renan Tadeu Pereira  Assessoria de Imprensa C.Vale


Galeria