Chape vence e fica perto de vaga; suposta escalação irregular vira polêmica

18 Mai 2017 Fonte: Uol Esportes
Luiz Otávio foi titular nesta quarta-feira contra Lanús

Luiz Otávio foi titular nesta quarta-feira contra Lanús

A Chapecoense acordou na Copa Libertadores - pelo menos dentro das quatro linhas. Nesta quarta-feira (17), a equipe brasileira superou o Lanús-ARG por 2 a 1 na Argentina e embolou a briga por uma vaga nas oitavas de final da competição. No entanto, uma possível escalação irregular pode atrapalhar o time catarinense no torneio continental.

A polêmica envolve o zagueiro Luiz Otávio, expulso na partida contra o Nacional-URU. Para a Chapecoense, a suspensão de um jogo já havia sido cumprida na decisão da Recopa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

Segundo apurou o UOL Esporte, a Chape recebeu, momentos antes de a bola rolar, um comunicado da Conmebol de que o jogador havia sido julgado e suspenso por três partidas - além de uma multa de 3 mil dólares. A equipe, no entanto, o escalou como titular da mesma maneira.

"Estamos convictos da nossa decisão. O jogador que entrou em campo estava dentro do regulamento e não temos nada a declarar com relação a isso. Estamos tranquilos com essa decisão, que foi minha como presidente do clube", disse Plínio David de Nês.

A Chapecoense abriu o placar com Wellington Paulista. Aos 23min da etapa inicial, Reinaldo encontrou Arthur, que cruzou na medida para o atacante cabecear na primeira trave e garantir o triunfo da Chapecoense. O problema é que o mesmo camisa 9 colocou a mão na bola no segundo tempo, possibilitando o empate dos donos da casa em uma cobrança de pênalti.

Para coroar a polêmica, Luiz Otávio ainda marcou o gol da vitória no final da partida. Já aos 43min da etapa final, Reinaldo cobrou um lateral na área e o zagueiro apareceu de surpresa para testar para o fundo do gol.

Com o resultado positivo, a Chapecoense sobe ao terceiro lugar do Grupo 7, com sete pontos, mesma pontuação que o Lanús. O Nacional-URU lidera a chave com oito, enquanto o Zulia, da Venezuela, é o lanterna com cinco.

Assim, na próxima e última rodada do grupo, a Chape depende apenas de suas forças para seguir na Libertadores, já que enfrenta o Zulia em Chapecó, enquanto Lanús e Nacional se enfrentarão em uma decisão no Uruguai.


Mais Notícias

Jornal: CR7 sonegou R$ 55 milhões após receber meio bilhão em paraísos fiscais

De acordo com matéria do espanhol “El Mundo”, Agência Tributária entende que houve um crime nas movimentações financeiras do astro do Real Madrid

Ficou sabendo? Lucas Lima é cortado da seleção brasileira

Jornal escala Gabigol na seleção das decepções da temporada da Europa, e Chape é punida pela Conmebol e está eliminada da Libertadores

Fifa e CBF proíbem Biteco de homenagear irmão morto na tragédia da Chape

A Fifa e a CBF não têm grandeza, mas deveriam ter com Biteco

APE/Ceeduc/Palotina quer liderança na 3ª etapa da Copa Amizade

Vice líder na classificação geral da competição, a equipe de voleibol feminino da categoria 2000, mantida pelo Colégio Ceeduc e a Associação Palotinense de Esporte