Com mais de 141 mil espectadores, GP do Brasil tem maior público desde 2011

13 Nov 2017 Fonte: G1 Esportes
Público em Interlagos (Foto: Getty Images)

Público em Interlagos (Foto: Getty Images)

Lewis Hamilton definiu a conquista do seu quarto título mundial no GP do México, dia 29, e Mercedes, o de construtores, no dos Estados Unidos, 22. No ano passado, britânico e seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, competiram em Interlagos duelando pelo título, vencido na etapa seguinte, Abu Dhabi, pelo alemão.

Apesar de os fãs da F1 terem um estímulo maior, em 2016, para assistir ao GP do Brasil das arquibancadas, por conta de Rosberg poder ser campeão, pois tinha 19 pontos a mais de Hamilton, 349 a 330, este ano o público em Interlagos foi mais de 10% superior ao da edição anterior. Nos três dias de competição, 141.218 torcedores estiveram em Interlagos, diante de 128.100 em 2016.

É o maior número de fãs no autódromo desde 2011, quando 143.916torcedores estiveram em Interlagos. E os interessados por F1 no circuito, em 2011, não se importaram com o fato de Sebastian Vettel, da RBR, ter conquistado o bicampeonato quatro etapas antes, no GP do Japão.

Mais: Vettel dominou aquela temporada, já tinha 11 vitórias no ano quando se apresentou para correr em São Paulo, e Felipe Massa, na Ferrari, disputou seu pior campeonato na F1, segundo ele mesmo disse ao GloboEsporte.com. Somou 118 pontos diante de 257 do companheiro de Ferrari, Fernando Alonso.

Não há muita lógica no que é mais capaz de levar fãs da F1 para o autódromo. Uma prova disso é que em 2012, Vettel, da RBR, e Alonso, Ferrari, lutavam pelo título. O GP do Brasil era o 20º e último do calendário. O alemão somava 273 pontos, enquanto Alonso, 260. Mas somente 127.398 torcedores estiveram em Interlagos, público 12% inferior ao de 2011, quando já se conhecia o campeão há quatro GPs.