Confira a previsão do tempo para o último fim de semana de março

0 0 Fonte: Somar Agricultura e Pecuária
: Confira a previsão do tempo para o último fim de semana de março

: Confira a previsão do tempo para o último fim de semana de março

Sábado, dia 30

Sul

O tempo começa a mudar em parte da região. Áreas de instabilidade no alto da atmosfera provocam pancadas de chuva com trovoadas e vento forte na metade sul gaúcha. Há condição para precipitações mais expressivas em municípios de fronteira com Uruguai e Argentina.

Por outro lado, do norte gaúcho ao Paraná o tempo fica firme, inclusive nas áreas costeiras. O dia pode começar com nevoeiros entre planalto de Santa Catarina e Paraná, incluindo Curitiba.

Temperaturas seguem em elevação, especialmente na faixa oeste da região.

Sudeste

O ar seco predomina entre São Paulo, parte de Minas Gerais e sul do Rio de Janeiro, garantindo um dia aproveitável para atividades ao ar livre. A amplitude térmica aumenta. A manhã tem temperaturas mais amenas e, durante a tarde, faz calor.

Por outro lado, entre o norte do Rio de Janeiro, Espírito Santo, norte e sul mineiro, a nebulosidade fica variável e há condições para pancadas de chuva.

Centro-Oeste

Uma massa de ar seco inibe a formação de nuvens mais carregadas entre Mato Grosso do Sul e a faixa sul de Goiás. Nessas áreas, a amplitude térmica é maior. Manhã com temperaturas mais amenas, mas durante a tarde faz calor.

A chuva diminui de intensidade, mas ainda não cessa entre Mato Grosso, centro e norte goiano e no Distrito Federal.

Nordeste

A chuva segue forte na faixa norte da região e ficar mais isolada e passageira na Bahia. Tem previsão de chuva mais volumosa e generalizada em uma faixa que vai desde o Maranhão até Pernambuco, com acumulados entre 30 e 50 milímetros. Já na Bahia ocorrem mais períodos de melhoria, em meio pancadas pontuais.

Norte

A chuva persiste em toda a região e ainda é volumosa e generalizada desde o Amazonas até o norte do Tocantins.

Domingo, dia 31

Sul

O corredor de umidade da Amazônia combinado com áreas de instabilidade no alto da atmosfera provoca chuva entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. As temperaturas nas áreas de serra dos dois estados diminuem, devido ao excesso de nebulosidade. Ao longo do dia, as temperaturas se elevam, porém sem extremos.

O calor aumenta entre Santa Catarina e Paraná em grande parte do dia. No Paraná o sol ainda predomina e o tempo segue firme.

Sudeste

A maior parte do dia será de tempo firme e aproveitável no Sudeste. No fim da tarde chove de forma mais fraca no Espírito Santo, leste e norte de Minas Gerais, incluindo Belo Horizonte, devido à umidade que sopra do mar.

O dia pode começar com nevoeiro no sul mineiro e as temperaturas no início do dia diminuem entre essa região e as serras fluminense e da mantiqueira, por conta da ausência de nebulosidade na madrugada.

Centro-Oeste

Domingo será de tempo instável predominando em grande parte da região, devido à combinação de calor e umidade. Apenas entre leste do Mato Grosso do Sul e nas áreas sul e leste de Goiás, a influência da massa de ar seco garante mais um dia de sol e poucas nuvens.

O calor predomina em todo o centro do país.

Nordeste

Pouca coisa muda no tempo. O sistema conhecido como Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) mantém a chuva a qualquer hora do dia entre Maranhão e Rio Grande do Norte, enquanto nas demais áreas a combinação de calor e umidade aumentam a chance de pancadas isoladas e intercaladas com períodos de sol.

Norte

A combinação de calor e umidade garante mais um dia instável. Após períodos de sol e rápida elevação das temperaturas, há potencial para pancadas com trovoadas.

A chuva segue forte entre Amazonas e Rondônia, com acumulados em torno de 30 milímetros.