Covid-19 Barreiras que salvam: Quem chega a C.Vale se depara com barreiras sanitárias visíveis e invisíveis

25 Jun 2020 Fonte: Sara Ferneda Messias Assessoria de Imprensa Destaques
Quem chega a C.Vale se depara com barreiras sanitárias visíveis e invisíveis

Quem chega a C.Vale se depara com barreiras sanitárias visíveis e invisíveis

Antes mesmo do Governo Federal publicado, no dia 20 de março, o seu primeiro decreto com medidas de contenção ao Covid-19, a C.Vale já havia adotado, no dia 13 março, várias ações preventivas.  O Comitê de Gestão do Coronavírus entrou em operação no dia 17 do mesmo mês. De lá para cá uma infinidade de medidas de contingência foram implementadas em todas as áreas de ação da cooperativa.

-Uma das primeiras medidas foi restringir a circulação de pessoas, suspendendo treinamentos, viagens e visitas.

-Comunicação interna, através de aparelhos de televisão, rádio indoor, WhatsApp, e-mail, intranet, revista e vídeo conferência viraram rotina.

-Semanalmente integrantes do Comitê de Gestão se reúnem.

-Relatório são enviados semanalmente para o Ministério da Agricultura, Associação Brasileira de Produção Animal e Ocepar.

-Todos os funcionários receberam kit com máscaras.

-Dispenser com álcool em gel foram espalhados por todos os locais da cooperativa.

-Atendimento com distanciamento, de no mínimo um metro e meio, foi adotado por todas as unidades de negócios.

-Funcionários com mais de 60 anos, gestantes, jovens aprendizes menores de 18 anos e pessoas com alguma comorbidade, que não conseguem trabalhar em home-office, tiveram seus contratos suspensos por 60 dias. Nessa modalidade, o Governo Federal paga 70% e a empresa 30% dos salários. A C.Vale passou a pagar 50% - o que representa um abono de 20%  sobre os salários.

-Ônibus de transporte de funcionários são sanitizados diariamente.

-Líderes nos ônibus restringem o embarque de funcionário com qualquer problema de saúde. Se durante o trajeto tiver algum problema, ele é direcionado para uma tenda ambulatorial para checagem.

-Funcionário que tiver qualquer sintoma gripal é orientado a permanecer em casa e comunicar pelo telefone (44) 3649-7475. Uma equipe da C.Vale fará visita domiciliar.

-Todas as pessoas passam por um túnel de sanitização.

-Aferida a temperatura de todos. Acima de 37,8 ℃ é retido para checagem.

-Catracas, vestiários, pátio e área administrativa são higienizados rotineiramente.

-Para evitar aglomeração, o fluxo de entrada nos vestiários foi alterado.

-Máscaras tipo ninja são substituídas no intervalo do almoço.

-Profissionais de algumas áreas usam também protetor acrílico (capacete).

-Fiscais cobram o cumprimento das normativas de segurança. Eles têm autoridade para aplicar penalidade disciplinar.

-Fixadas divisórias em acrílico nas mesas dos refeitórios.

-Ampliado os horários de refeições para reduzir aglomerações.

-Funcionários recebem individualizado, bandeja, prato, talheres, copos, guardanapo e luvas (descartáveis) para se servir no refeitório.

-Uma nova praça de alimentação foi montada na indústria para o pessoal administrativo.

-Todos os funcionários foram imunizados com a vacina trivalente influenza (H1N1).

-Foram adquiridos 500 testes rápidos e convencionais do Covid-19.

Box

Covid-19

A Covid-19 é uma doença infecciosa causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (Sars-Cov-2). Os sintomas mais comuns são febre, coriza, congestão nasal e tosse seca. Outros sintomas menos comuns são dores musculares, de garganta, de cabeça, diarreia, conjuntivite, erupção cutânea na pele, perda do olfato e do paladar. Sintomas mais graves, dificuldade de respirar ou falta de ar, dor ou pressão no peito, convulsão, confusão mental e desorientação.

 

 


Galeria