Dificuldades para passear com seu cão? Não obedece aos seus comandos? João Adestrador te ajuda!

7 Ago 2017 Destaques
Não consegue fazer um passeio tranquilo com seu cachorro?

Não consegue fazer um passeio tranquilo com seu cachorro?

Não consegue fazer um passeio tranquilo com seu cachorro?

Um passeio com seu melhor amigo pode não ser tão simples e tranquilo quanto parece. Muitas pessoas tem dificuldade em levar seu peludo para passear. E os motivos dessas dificuldades vão desde o cão não gostar de passear, puxar muita guia, ao ponto de você sentir dores no seu braço, ou apresentar  muita agressividade com outras pessoas.

Muitas vezes você se esforça para levá-lo a um passeio com a expectativa de que será tranquilo e saudável, porém a realidade é que você volta para casa mais frustado e desanimado? E acaba passeando cada vez menos com seu cãozinho? 

 O Adestramento do seu cão é a melhor forma de você ter o controle da situação, fazendo com que ele obedeca a todos seus comandos. O adestramento pode transformar o passeio num momento prazeroso e relaxante para você e para seu cão.                        

Para isso João Adestrador oferece seus serviços especializados em adestramento de cães, com qualidade e eficácia.  Trabalha com Adestramento Comportamental, Adestramento Guarda e Pet Sitter (Cuidados com seu cão em casa).

Para maiores informações e contato: 44 9 9835-8071 ou joaoadesrtador2021@gmail.com, ATENDE PALOTINA E REGIÃO.

Facebook João Adestrador

 

Etapa inicial Cães de Guarda ou cães de Companhia?? 
Há testes usados por treinadores para selecionar filhotes, principalmente cães para alguns tipos de trabalho específicos. Os testes “Wolhard” ou “Caperbel” são usados no mundo inteiro, e foram estudados por mais de 15 anos. Esses testes são realizados quando o filhote tem 29 dias e consegue identificar os filhotes possessivos, agressivos, medrosos entre outros tipos de cães.

É possível selecionar um cachorro para cada tipo de personalidade, por exemplo, há um perfil de cachorro para quem tem crianças ou idosos em casa, que deve ser diferente de um cão para trabalho de guarda ou proteção.

Os cães alfas são cães que têm extinto natural de defender territórios, e esse tipo de filhote é trabalhado desde pequeno, quando já é induzido o que se chama de “imprint”. Você vai imprimir o que seu cão vai ser no futuro, é como se fosse um curso preparatório que depois quando fizer o treinamento será mais fácil direcionar para o tipo de trabalho desejado.

Algumas raças são mais indicadas para esse tipo de trabalho, algumas não são indicadas. Ressaltando que as cães fêmeas começam a desenvolver guarda mais cedo, a partir de 8 meses. Há cães machos que só conseguem desenvolver a guarda a partir de 1 ano.

Como vai depender de cão para cão, indivíduo por indivíduo, podemos fazer um teste e ver se seu cão tem aptidão para ser um bom cão de guarda e de proteção.

O Adestramento básico consiste em ensinar ao proprietário e ao seu cão o desenvolvimento de uma comunicação efetiva, para que possam se comunicar através de uma linguagem corporal, sinais e comunicação verbal.  O adestramento ensina aos cães conceitos de regras, limites e restrições e ensina aos proprietários como desenvolver essa nova linguagem  com o seu cão.

 A consulta comportamental tem como foco a orientação dos proprietários para que eles próprios saibam como lidar com o cão na ausência do profissional, já que serão eles que estarão com o cão na maior parte do tempo.  É possível reduzir o tempo de tratamento de um cão através do trabalho em conjunto com a família. Isso deve acontecer de forma permanente e não apenas pontual, ou seja, é necessário a dedicação e a participação ativa dos proprietários para aplicação das técnicas personalizadas desenvolvidas.

Identifique suas principais necessidades,  e independente do profissional que contratar, converse abertamente sobre elas para que todas possam ser trabalhadas. Fique  atento, pois você pode encontrar profissionais capazes de fazer as duas coisas.

Treinamento de Cão para Guarda: consiste em desenvolver habilidades de defesa e proteção nos cães. Desenvolve tanto a proteção pessoal dos seus proprietários ou a defesa de um patrimônio, ou um território.  As técnicas usadas desenvolvem nos cães um instinto de proteção para perseguir e morder um possível agressor eminente ou invasor da propriedade.


Galeria

Mais Notícias