Em um ano, Lucas aproveita "conselho" de Tite e volta à seleção renovado

9 Out 2018 Fonte: http://esporte.uol.com.br/ Esportes
Em um ano, Lucas aproveita

Em um ano, Lucas aproveita "conselho" de Tite e volta à seleção renovado

Demorou, mas Lucas Moura foi convocado pela primeira vez por Tite na última segunda-feira (8) no lugar do lesionado Everton para os amistosos da seleção brasileira contra Arábia Saudita (12 de outubro) e Argentina (16 de outubro). A chamada vem praticamente um ano depois do treinador dar um "conselho" ao meia-atacante do Tottenham.

No fim de outubro de 2017, Tite concedeu entrevista à emissora francesa "Canal + Sports" e explicou o motivo de nunca ter convocado o então jogador do Paris Saint-Germain.

"Nós o acompanhamos, mas a realidade é que há uma grande concorrência para a sua posição na seleção, assim como no PSG, com o Neymar, Draxler, Di María, Mbappé... agora é difícil. Na seleção, estão Willian, Neymar, Coutinho, Douglas Costa, Taison, Lucas...", afirmou.

Lucas já era reserva do PSG na época e, depois daquela entrevista, só jogou mais duas vezes pelo clube (ambas saindo do banco de reservas). Ele fugiu da forte concorrência no time francês e fechou com o Tottenham no final de janeiro de 2018 para ter mais tempo em campo.

Na Inglaterra, o brasileiro mal tinha chegado e viu o técnico Mauricio Pochettino mandar um recado. "Ele não vai chegar e dizer 'oh, como é Lucas Moura e vem do PSG vai jogar'. Ele precisa demonstrar que é melhor que nossos jogadores. Isso é concorrência saudável", falou o argentino.

Lucas fez seis jogos até o final daquela temporada enquanto se adaptava ao estilo inglês, mas começou 2018-19 já de forma diferente, justamente por influência de Pochettino. Como o meia-atacante contou em entrevista ao UOL Esporte no início de setembro, o treinador mudou sua posição.

No PSG, Lucas jogava quase sempre na ponta direita. Já no Tottenham, começou a aparecer como um segundo atacante, mais próximo da área, perto de Harry Kane e não tão preso pelo lado direito do campo. Os resultados logo apareceram.

Ele brilhou contra o Manchester United com dois gols na vitória por 3 a 0 fora de casa e depois ganhou o prêmio de melhor jogador do mês de agosto do Campeonato Inglês. Desde então, vem atuando como titular na maioria dos jogos do Tottenham e agora está de volta à seleção após mais de dois anos. A última convocação foi para a Copa América Centenário, em 2016, quando o Brasil ainda era comandado por Dunga.