Facebook libera criptografia no Messenger para todos os usuários

5 Out 2016 Mundo Online
05135914750126-t1200x480

05135914750126-t1200x480

No início de julho, o TecMundo noticiou um novo recurso que o Facebook estava testando com usuários selecionados. Estamos falando do “Conversas Secretas”, funcionalidade do Messenger que, ao ser ativada, aplica criptografia ponta-a-ponta nas conversas que você tem com determinado contato. O objetivo era tornar a rede social mais segura e menos suscetível a espionagens, tal como já ocorre em apps como Telegram e Signal.
Por mais que muitas pessoas ainda não confiem que a criptografia do Facebook seja realmente confiável, o fato é: de acordo com a revista WIRED, o serviço finalmente está disponibilizando o Conversas Secretas para todos os seus usuários. O recurso está disponível tanto para Android quanto para iOS, e, para que ele funcione corretamente, é necessário que tanto você quanto seu amigo estejam com o mensageiro atualizado.
É fácil iniciar um bate-papo criptografado. Basta clicar no botão “Escrever mensagem”, e, na tela em que todos os seus contatos são listados, ativar o pequeno switch localizado no canto superior direito do display. Ao fazer isso, a interface do Messenger se torna preta, o que indica que a criptografia está ativa. Vale lembrar que, nas Conversas Secretas, não é possível trocar GIFs e nem vídeos com os seus colegas.


Mais Notícias

Google+ agora revela sua influência na rede social; veja como

Saindo na frente de rivais como o Facebook, o Google+ trouxe uma novidade que vai ajudar os usuários que desejam se destacar na rede social.

Snapchat x Instagram: a batalha mundial pela Geração Z

A luta por liderança junto aos usuários e mais espaço na verba dos anunciantes torna essa a grande nova batalha de 2017.

Ferramenta gratuita auxilia brasileiros a gerenciar contas e documentos

Com a ideia de diminuir os juros e as multas pagas pelos clientes, uma startup brasileira lançou uma ferramenta que permite o gerenciamento das notas fiscais emitidas através do CPF. A plataforma é denominada Papelada e o seu funcionamento é realizado através da nuvem, o que torna o serviço mais seguro em relação a perdas no sistema.

Mais de 100 localidades já estão inscritas para o 4º Congresso Paranaense de Cidades Digitais

Com novos eleitos, atenções se voltam para o planejamento municipal a partir de 2017