Facebook vai criar chip para ajudar a filtrar conteúdo de vídeos ao vivo

28 Mai 2018 Fonte: Olhardigital Marketing Digital
20162F122F102F7e2FFacebook_Live_thumb

20162F122F102F7e2FFacebook_Live_thumb

O Facebook está criando processadores próprios, e uma das aplicações idealizadas pela empresa é na ajuda de filtragem de conteúdo transmitido ao vivo.

 

Durante uma conferência na França, o cientista de inteligência artificial Yann LeCun disse que o Facebook quer criar chips que detectem conteúdo inadequado nas transmissões ao vivo pela rede social, de acordo com a Bloomberg.

 

Veja também:

Facebook está pedindo para os usuários revisarem configurações de privacidade

Facebook trabalhará com pesquisadores para avaliar efeitos de 'fake news'

Facebook vai criar chips próprios

 

Segundo LeCun, os métodos atuais de filtragem de conteúdo exigem muito poder computacional e energia e não são mais suficientes. Por isso, o Facebook está desenvolvendo um chip especializado que pode ajudar a filtrar vídeo com mais rapidez.

A ideia é impedir que vídeos com suicídios sendo transmitidos ao vivo, por exemplo, cheguem a usuários da rede social, assim como outros atos de violência que não estejam de acordo com os termos de uso do Facebook. O chip conseguiria detectar a presença de conteúdo inadequado e derrubaria a transmissão automaticamente.