Força Nacional permanecerá por mais 180 dias nas áreas de fronteiras

20 Mai 2019 Destaques
Força Nacional permanecerá por mais 180 dias nas áreas de fronteiras

Força Nacional permanecerá por mais 180 dias nas áreas de fronteiras

A presença da Força Nacional de Segurança Pública nas ações de prevenção e repressão a crimes nas áreas de fronteiras foi prorrogada pelo Ministério da Justiça por mais 180 dias, a partir desta segunda-feira (20).

O trabalho dos militares vai ser em apoio às atividades da Polícia Federal (PF). Por isso, cabe à PF dar o apoio logístico e dispor da infraestrutura necessária para o contingente.

No fim de abril, o secretário nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo, disse que pretende transformar a Força Nacional em uma guarda nacional de segurança pública.

A proposta significa converter a atual tropa de “pronta-resposta”, formada por profissionais temporariamente cedidos pelos governos estaduais, em uma força militar integrada por um efetivo próprio e permanente.

A Força Nacional foi criada em 2004 com o intuito de apoiar o policiamento ostensivo em unidades da Federação que peçam ajuda ao governo federal durante episódios de perturbação da ordem pública.

Além disso, a Força Nacional também pode atuar em situações de emergência e calamidade pública, podendo, inclusive, cooperar com órgãos de segurança federais.