Francês trouxe ao Paraná um jeito de deixar orgânicos mais baratos

6 Dez 2017 Fonte: Gazeta do Povo Agricultura e Pecuária
Francês trouxe ao Paraná um jeito de deixar orgânicos mais baratos

Francês trouxe ao Paraná um jeito de deixar orgânicos mais baratos

Eles são produtores personais de orgânicos. Plantam sabendo exatamente para quem vão entregar os legumes, frutas e verduras da estação. Dão dicas sobre o uso dos alimentos e fazem eles mesmos as entregas para os clientes – que preferem chamar de parceiros ou coagricultores – em local previamente combinado, pode ser igreja, escola, empresa, academia e até posto de saúde.

Promovido pelo Centro de Agroecologia (CPRA) da Secretaria da Agricultura do Paraná, o sistema de parceria entre famílias de produtores e de consumidores é baseado no modelo japonês Teikei. No caso paranaense, começou a ser implantado em 2010 por um estagiário francês que trouxe ao país uma mistura do Teikei e do programa Comunidade Apoiando a Agricultura (CSA), que só na França tem cerca de seis mil grupos. Terminou o estágio, mas o agrônomo Manuel Delafoulhouze não saiu mais do Brasil. Culpa da boa ideia que teve, mas, também, porque acabou se casando com uma brasileira.

O projeto Cestas Solidárias tem hoje 38 grupos funcionando e outros seis em incubação, a maioria em Curitiba e região metropolitana.

A perspectiva também é diferente para quem compra os hortifrútis. “Não somos apenas consumidores, a gente vai além e começa a ser vendedor de um sistema mais sustentável”, diz o músico Geovani Salvadori, de 31 anos. Toda segunda-feira após o almoço Salvadori vai de bicicleta buscar a cesta de orgânicos num ateliê no bairro Ahu, ponto de entrega combinado entre ele, os produtores Marcos Antilon e Evandro Mendes e outros 13 moradores da vizinhança. Desta vez ele levou para casa uma caixa de banana, batata doce, abobrinha, alface, almeirão, agrião, pepino e laranja.

Na prática, é como se Salvadori e seus vizinhos fossem donos de uma assinatura de frutas e hortaliças. Não há gastos com classificação, embalagem e refrigeração. A cesta sai da propriedade rural em Bocaiúva do Sul como uma encomenda pré-paga e destinatário certo. Fast delivery.