Google+ ainda vive: nova função Tópicos quer te fazer largar o Facebook

28 Abr 2017 Mundo Online
id238843_1

id238843_1

Mas não se engane ao achar que ele está morto, pois a companhia ainda investe em sua própria criação. Nesta sexta-feira, 28 de abril, uma nova função estreou na plataforma, unindo várias opções em uma ferramenta chamada “Tópicos”, veja os detalhes abaixo.

 

Milhões de pessoas usam o Google+ para se ligarem às coisas que são interessantes. Para ajudar a filtrar as várias Coleções e Comunidades que as pessoas compartilham, nós criamos uma nova função chamada Tópicos. Com Tópicos, você será capaz de ver um stream de conteúdo com alta qualidade de Coleções, Comunidades e pessoas relacionadas às coisas que achamos que vão te interessar. Hoje, já existem centenas de Tópicos disponíveis em inglês, espanhol e português.

Pense em um sistema parecido com o Explorar do Instagram ou Momentos do Twitter; voilà, você já tem uma ideia de como os Tópicos do Google+ funciona. Se ficou interessado, teste a novidade ao encontrar e baixar o app em nossa ferramenta abaixo (ou acesse no navegador).

 

Gostou das dicas, confira mais informações sobre mídias sociais no blog da AZZ Agência de Marketing Digital, ou deixe seu comentário.

 


Mais Notícias

WhatsApp será pago? Boato sobre aplicativo circula na web

Nas ultimas semanas após a queda dos serviços do WhatsApp vem sendo compartilhadas mensagens que o serviço será pago.

Top 10 | Google é a marca global mais valiosa do mundo

O Google agora é a marca global mais valiosa em 2017, passando a Apple. Os números são do novo estudo da consultoria de marca Brand Finance e mostram que a marca Google cresceu 24% em valor.

Apple ameaçou excluir o Uber da App Store

O sucesso atual da Uber talvez não seria uma realidade se Travis Kalanick, CEO da companhia, não tivesse demonstrado um pouco de humildade diante de Tim Cook, o chefão da Apple.

Facebook vai ler e publicar seus pensamentos

O Facebook informou que está trabalhando em um sistema que permite que as pessoas digitem usando apenas seus pensamentos. O projeto foi anunciado na quartafeira (19) na conferência anual da empresa voltada para desenvolvedores, a F8, na Califórnia.