Ministra da Agricultura Tereza Cristina se solidariza com perdas e sinaliza apoio aos produtores no Paraná

14 Jan 2022 Fonte: FAEP/SENAR-PR Agricultura e Pecuária
 (Foto: gov.br )

(Foto: gov.br )

Ministra do Mapa disse durante visita ao Paraná que veio deixar uma mensagem de esperança e de solidariedade aos produtores rurais que sofreram perdas severas por causa de estiagem

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, esteve nesta quinta-feira (13) no Paraná para verificar como está a situação da safra 2021/22, castigada pela falta de chuvas nos últimos meses. Pela manhã, a chefe da pasta esteve no município de Lindoeste, onde foi até uma lavoura de soja afetada pela estiagem. No início da tarde, ela esteve no Sindicato Rural de Cascavel, em um evento que reuniu lideranças rurais e autoridades políticas relacionadas ao agronegócio nacional.

Tereza Cristina disse que não trouxe nenhuma solução pronta aos produtores, mas que esteve no Paraná para ouvir e sofrer junto, além de deixar uma mensagem de esperança e solidariedade. “Estamos levantando informações com muita calma e vocês vão nos ajudar para que consigamos atender com agilidade esses problemas. Temos ações imediatas, de médio e de longo prazo. Todo mundo perde quando o agro perde”, falou.

O presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, também participou tanto da visita quanto do evento no sindicato rural. “Quero deixar registrado aqui todo apoio que a ministra deu na questão do reconhecimento do Paraná como área livre de febre aftosa sem vacinação e também na questão da geração distribuída”, agradeceu. “Quando a ministra assumiu eu pedi a ela: ‘cuide do Proagro e do seguro rural’. E ela atendeu”, completou.

 

Durante o encontro, o secretário de Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab), Norberto Ortigara, aproveitou para entregar dados atualizados sobre as perdas da safra. Os dados são levantados pelo Departamento de Economia Rural (Deral) e são importantes para dar uma dimensão do tamanho dos prejuízos que o Paraná terá nesse ano. Somente na soja as perdas devem passar da casa dos R$ 20 bilhões, conforme relatório divulgado no início do mês.

 

Autoridades

 

Entre as autoridades que participaram do encontro com a ministra na Região Oeste do Paraná, nesta quinta-feira (13), estiveram ainda o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, Sérgio Souza (MDB); a deputada federal Aline Sleutjes (PSL), o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP) o vice-governador do Paraná e presidente da Fecomércio, Darci Piana; Dilvo Grolli, presidente da Coopavel; Marcos Brambilla, presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais (Fetaep); o presidente do Sindicato Rural de Cascavel, Paulo Orso, entre outras autoridades.

 

Comitiva do Mapa tem participação da FAEP

 

A visita de Tereza Cristina faz parte de uma rodada de levantamentos pelo Paraná das perdas causadas pela estiagem em todas as regiões do Estado organizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab). O grupo está na estrada desde segunda-feira (10) e segue suas apurações até sexta-feira (14). A comitiva conta com a participação da Federação da Agricultura do Paraná (FAEP) e de outras entidades representativas do agronegócio estadual.

Confira o itinerário completo abaixo. A cobertura completa das reuniões no site do Sistema FAEP/SENAR-PR.

Roteiro da comitiva

Segunda-feira (10): Guarapuava, Pitanga e Campo Mourão
Terça-feira (11): Maringá, Umuarama e Palotina
Quarta-feira (12): Toledo, Medianeira e Missal
Quinta-feira (13): Cascavel e Pato Branco
Sexta-feira (14): Prudentópolis