Odair técnico do Fluminense é barrado do jogo contra o Inter por suspeita de Covid-19

17 Ago 2020 Fonte: Por Felipe Siqueira — Rio de Janeiro Esportes
Odair, Fluminense — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Odair, Fluminense — Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

A não permissão para o técnico Odair Hellmann comandar o Fluminense na beira do campo na vitória de virada por 2 a 1 sobre o Internacional, neste domingo, no Maracanã, em razão de suspeita de Covid-19 pegou a todos de surpresa. Inclusive, o próprio auxiliar Maurício Dulac, que precisou assumir o time de última hora.

ge buscou entender a sequência de acontecimentos que fez com que treinador de 43 anos chegasse a ir ao Maracanã na esperança de trabalhar na partida, mas acabasse por ser "barrado". Montamos uma linha do tempo com as informações apuradas.

Confira a sequência de acontecimentos:

  • Domingo, 09/08 - Após a partida contra o Grêmio, pela 1ª rodada do Brasileirão, a delegação do Fluminense realiza testes para Covid-19 conduzidos pela CBF, através do convênio com o Hospital Albert Einstein. Os exames, sorológicos e de PCR, foram realizados nesta data ainda no Rio Grande do Sul em razão do protocolo da federação, que determina a realização de testes com 72h de antecedência para haver tempo hábil para a entrega dos resultados. O jogo seguinte do Fluminense era três dias depois, 12/08, contra o Palmeiras.
  • Segunda-feira, 10/08 - A delegação do Fluminense retorna ao Rio de Janeiro. Neste mesmo dia, em razão da confusão que acabou com o cancelamento do jogo entre Goiás e São Paulo, a CBF divulga alterações no protocolo, permitindo que os clubes realizem seus próprios exames, em medida válida para as partidas a serem realizadas a partir do dia 14/08, ou seja, a partir da 3ª rodada.
  • Terça-feira, 11/08 - Ainda sem o resultado positivo do teste do dia 09/08, Odair Hellmann comanda treino normalmente no CT do Fluminense.
  • Quarta-feira, 12/08 - Fluminense enfrenta o Palmeiras, no Maracanã, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem ter conhecimento de resultado positivo do teste de 09/08, Odair Hellmann comanda o time normalmente na beira do campo. Segundo fontes ligadas ao clube, o resultado negativo do teste sorológico já havia saído, por isso o treinador não estaria impossibilitado de participar da partida.

Odair Hellmann em Fluminense x Palmeiras — Foto: André Durão

Odair Hellmann em Fluminense x Palmeiras — Foto: André Durão

  • Quinta-feira, 13/08 - De acordo com o informado pela CBF neste domingo, o resultado positivo para o técnico Odair Hellamnn, do teste realizado no dia 09/08 pelo Hospital Albert Einstein, foi disponibilizado às 11h32 no sistema de divulgação de resultados oficial do hospital, do qual o Fluminense possui acesso. O treinador realizou dois testes na ocasião, um sorológico e outro PCR. O primeiro havia tido resultado negativo, enquanto o PCR é que deu positivo para Covid-19. O Fluminense, no entanto, não teria tomado conhecimento do resultado positivo deste teste PCR.
  • Ainda na quinta-feira, 13/08 - Com base no protocolo atualizado da CBF, o Fluminense realiza uma bateria de testes na delegação visando o jogo de domingo, contra o Inter, no Maracanã. O novo teste de Odair dá negativo para coronavírus.
  • Sexta-feira, 14/08 - Com o resultado negativo do teste realizado no dia 13/08, Odair Hellmann comanda normalmente treinos no CT do Fluminense.
  • Sábado, 15/08 - Odair Hellmann comanda mais um treino no CT do Fluminense.

Odair Hellmann comanda treino do Fluminense no dia 14/08 — Foto: Mailson Santana / FFC

Odair Hellmann comanda treino do Fluminense no dia 14/08 — Foto: Mailson Santana / FFC

  • Manhã de domingo, 16/08 - No hotel onde se concentra a delegação do Fluminense, Odair é informado, por volta da hora do almoço, de que não poderia comandar o time em razão do resultado positivo do teste do dia 09/08. O clube argumenta com a CBF de que o teste do dia 13/08, cujo resultado foi negativo, serviria como "contraprova", já que houve resultados divergentes nos testes do dia 09/08.
  • Tarde de domingo, 16/08 - Ainda com esperança de comandar o time na beira do campo, Odair Hellmann se dirige ao Maracanã. Porém, em vez de ir no ônibus da delegação, como de costume, o treinador chega ao estádio em um carro particular, acompanhado do diretor de futebol Paulo Angioni, por volta das 16h30. Lá, recebe a confirmação de que não poderia dirigir o time e precisar deixar o estádio.
  • Noite de domingo, 16/08 - O auxiliar técnico Maurício Dulac comanda o time do Fluminense na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional. Segundo o clube, Odair já poderá reassumir o time no jogo de quarta-feira, 19/08, contra o Bragantino, por ter cumprido o prazo de dez dias estipulado pela CBF.

 

Mauricio Dulac comandou o Fluminense contra o Inter no Maracanã — Foto: Lucas Merçon / FFC

Mauricio Dulac comandou o Fluminense contra o Inter no Maracanã — Foto: Lucas Merçon / FFC

 

Confira a nota divulgada pelo Fluminense sobre o ocorrido:

 

 

"O técnico Odair Hellmann foi afastado do jogo de hoje, contra o Internacional, por suspeita de Covid-19. O treinador foi submetido a três testes, nos dias 06, 09 e 13/08. No dia 09/08, após o jogo contra o Grêmio, Odair fez tanto o teste sorológico, quanto o PCR, para atuar contra o Palmeiras no dia 12/08. O primeiro deu negativo e o segundo deu reagente, com resultado sendo de conhecimento da CBF no dia seguinte. Neste mesmo dia 13/08, o Fluminense passou a ser responsável pelos testes para o credenciamento dos profissionais para a partida contra o Internacional. Hellmann novamente testou negativo. O Fluminense tomou conhecimento desta decisão ainda neste domingo. Considerando os dez dias de isolamento protocolares, Odair já retorna contra o Bragantino na próxima quarta-feira".

 

Confira a nota da CBF sobre o ocorrido:

 

"A CBF esclarece que, diferentemente do noticiado, o teste positivo para o Covid-19 do técnico Odair Hellmann, realizado pelo Hospital Albert Einstein, foi disponibilizado ao Fluminense no dia 13 de agosto, às 11h32, no sistema de divulgação de resultados oficial do hospital"