Palotina: Mulher vai a entrevista de emprego, acaba baleada, drogada e estuprada

22 Out 2019 Fonte: Portal Palotina Destaques
Duas armas foram apreendidas na casa do autor

Duas armas foram apreendidas na casa do autor (Foto: PM )

Na madrugada de hoje (22), por volta das 02:30h, Policiais Militares foram acionados para comparecer no Hospital Municipal de Palotina, local, onde uma senhora, receberia atendimento médico com ferimento de arma de fogo.

   Os PMs foram até o hospital e em contato com o Médico de Plantão, receberam informação que a vítima havia recebido o atendimento após chegar com um ferimento de arma de fogo na região do ombro esquerdo, e que, a mesma apresentava marcas em ambos os pulsos e tornozelos.

   Em conversa com a paciente, os PMs souberam que por volta das 09h, desta segunda-feira (21), ela foi até um mercado no Bairro Pôr do Sol, ponto de referência, onde um rapaz estaria lhe aguardando para fazer uma entrevista de emprego, que a mulher estava há aproximadamente 15 dias em Palotina, desempregada, convivendo com sua irmã e que, a oportunidade de emprego seria para auxiliar de cozinha.

   Ainda conforme a vítima, o cidadão convidou a mesma para ir até sua casa, local do emprego, lá, o criminoso usou uma arma longa e tentou obrigar ela a tirar a roupa e deitar na cama, diante da recusa, o homem efetuou um disparo de arma de fogo, em seguida, mesmo ferida, ela foi amarrada pelos tornozelo, com as mãos para trás e colocada na cama, onde, teve suas vestes retiradas contra sua vontade, e, sem poder se defender foi violentada sexualmente.

   Após o ato, a vítima teve que ingerir um liquido, que segundo ele, era para estancar o ferimento. Na sequencia o indivíduo conduziu a mesma até o banheiro, deu banho e a colocou novamente na cama, tornando a amarra-la, vindo a abusar novamente da mesma.

   Após o segundo ato, como ela não adormeceu conforme o esperado, o indivíduo tentou asfixiá-la com as mãos no pescoço, enquanto está implorava para que ele não a matasse, por seus filhos.

   Por voltas das 2h da madrugada ele desamarrou a vítima, se armou com uma pistola e levou ao hospital, obrigando a mulher a mentir sobre o ocorrido, dizendo que foi baleada na rua, sendo que ele estaria prestando socorro.

   No Hospital, o agressor tentou ficar o tempo todo com ela, e quando está teve a oportunidade de ficar sozinha, relatou a verdadeira história.

   Com algumas informações os Policiais lograram êxito em localizar a casa do autor. Na residência, já na garagem, foi localizada a motocicleta utilizada na ação. No interior da residência, ao notar a presença policial, o indivíduo apagou as luzes, se negando a abrir a casa, sendo necessário quebrar a porta lateral e o uso da força progressiva para conte-lo, posteriormente uso de algemas.

   Na residência, foi localizado vários acessórios para pistola airsolf, um colete, coturno, cinto tático, coldre de pistola, um punhal, binóculo, uma faca, dentro de uma mala, o celular que utilizou para fazer contato com a vítima para enganá-la. Na parte externa da residência, foi localizado, no fundo do quintal, coberta por madeiras, a pistola de airsolf, uma espingarda adaptada para calibre .22 com quatro munições intacta e uma deflagrada no cano da arma, uma corda branca, uma faixa e um pano branco, estes cobertos de sangue.

   Diante dos fatos, foi apreendido todo o material, confeccionado o boletim de ocorrência junto com o auto de resistência à prisão, laudo de lesão corporal, encaminhando a ocorrência para a Delegacia de Polícia Civil de Palotina.

   Conforme a PM, em 2010 o autor dos fatos agrediu uma agente de endemias em Palotina, ele agiu durante uma visita rotineira ao Bairro CAIC, a servidora foi colar a ficha atrás da porta de sua residência, quando foi surpreendida, o meliante a segurou pelo braço e lhe atingiu com uma martelada na cabeça, por sorte ela conseguiu escapar e gritar por socorro. Ela teve ferimentos, foi encaminhado ao hospital e o cidadão, encaminhado a delegacia.

 


Galeria