Para governo, Paraná pode retomar normalidade das atividades econômicas em agosto

26 Mai 2020 Fonte: AEN Destaques
(Foto: AEN)

(Foto: AEN)

O governador Carlos Massa Ratinho Junior considera que o Paraná será um dos primeiros estados do Brasil a retomar as atividades econômicas após a pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, se o Estado mantiver o bom controle da pandemia e houver regressão na curva de contágio, a expectativa é que em agosto todas as atividades produtivas voltem à normalidade.

Apesar disso, nas últimas semanas os casos de Covid-19 não davam sinais de queda no Estado. Até a segunda-feira (25) já eram 3.331 casos confirmados da doença com 156 óbitos, com casos avançando cada dia para mais municípios. Na segunda já eram 218 cidades com casos da doença. O Paraná tem 399 municípios.

Em videoconferência com empresários paranaenses, promovido pelo Sebrae-PR, nesta terça-feira,26, Ratinho Junior afirmou que o governo estadual já está elaborando projetos para estimular a economia, e reforçou que haverá aporte de recursos públicos em obras urbanas e de logística que vão contribuir para a retomada.

O governador também fez um balanço das ações do Estado para enfrentar a pandemia e dos resultados até o momento. “Somos o 22º estado no ranking de pessoas infectadas pela Covid-19, temos baixo grau de letalidade e uma organização da nossa rede de saúde. Nossas decisões sobre o enfrentamento são diárias”, destacou.

Ele citou ainda que muitas atividades consideradas essenciais seguiram em funcionamento e com resultados bastante expressivos, mesmo com os reflexos negativos da Covid-19. “Não paramos o nosso sistema de logística, o Porto de Paranaguá tem batido recordes históricos mesmo durante a pandemia”, disse.

O governador também enfatizou que o Paraná convive com outros problemas em paralelo ao enfrentamento da Covid-19. “Além do coronavírus, enfrentamos a dengue e a maior crise hídrica dos últimos 60 anos”, ressaltou, salientando que as avaliações técnicas diárias têm ajudado a tomar as decisões.

FOMENTO - As linhas de crédito emergenciais disponibilizadas para os empresários através da Fomento Paraná e BRDE e o incentivo para a abertura de empresas pelo programa Descomplica também foram debatidas durante conferência virtual promovida pelo Sebrae/PR.

Cuidados

Nesta semana os shoppings de Curitiba voltaram a abrir com uma série de obrigações e restrições para proteger trabalhadores e visitantes do contágio pelo novo coronavírus. Mas, a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, adiantou que os empresários e a população precisam colaborar adotando todas as medidas preconizadas, com o risco dos casos dispararem na Capital e medidas mais duras tenham que ser tomadas.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, também alertou, na semana passada, que um lockdown, o fechamento total das atividades, não estaria descartado no Estado caso a Covid-19 saísse do controle.