Petição do Novo contra aumentos do STF supera 1,5 milhão de assinaturas

9 Nov 2018 Fonte: João Pedro Caleiro Destaques
Senado Federal: votação do aumento ocorreu nesta quarta-feira (07) (Marcos Oliveira/Agência Senado)

Senado Federal: votação do aumento ocorreu nesta quarta-feira (07) (Marcos Oliveira/Agência Senado)

Nesta quarta-feira (07), o Senado Federal aprovou o aumento dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) dos atuais R$ 33 mil para R$ 39 mil.

Como este é o teto de salário para todo o serviço público, a medida tem efeito cascata sobre outras categorias e o impacto nas contas públicas pode superar R$ 4 bilhões em todos os níveis de governo só em 2019, de acordo com consultorias do Legislativo.

Foram 41 votos a favor e 16 contrários, além de uma abstenção, e a matéria segue agora para sanção ou veto do presidente Michel Temer.

Uma petição do Partido Novo foi criada quase de imediato no site Change para pressionar Temer a barrar a proposta.

“Isso causa um efeito cascata e retroativo que o Brasil não suporta mais, com graves consequências posteriores para estados e municípios, muitos já em situação de calamidade financeira”, diz o texto.

A meta, que era chegar a 1 milhão de assinaturas, foi superada. Até a noite desta quinta-feira (08), mais de 1,5 milhão de pessoas já haviam assinado.