Santos empata em "jogo feio" e mantém liderança na Libertadores

20 Abr 2017 Fonte: Uol Esportes
Santos empata em

Santos empata em "jogo feio" e mantém liderança na Libertadores (Foto: Leonardo Muñoz/EFE ... - Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/libertadores/ultimas-noticias/2017/04/19/santa-fe-x-santos.htm?cmpid=copiaecola )

O Santos empatou diante do Santa Fe por 0 a 0, nesta quarta-feira, no estádio El Campín, em Bogotá, na Colômbia, em jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América. O jogo foi bastante feio e só teve emoções nos cinco minutos finais, após expulsão do lateral Jean Mota, do Santos. O time colombiano ameaçou uma pressão, mas sequer obrigou o goleiro Vanderlei a fazer uma defesa.

Apesar do jogo feio, o resultado mantém a equipe santista na liderança do grupo 2 da competição continental, com cinco pontos ganhos. Santa Fe e The Strongest seguem logo atrás, com quatro pontos. 

Desclassificado no Campeonato Paulista, o Santos só volta a campo daqui a 14 dias, quando enfrenta o mesmo Santa Fe, desta vez no estádio do Pacaembu, pela quarta rodada da Libertadores. Dorival Júnior terá um tempo incomum para trabalhar com o elenco santista. 

Quem foi bem: Vitor Ferraz foi um dos poucos ousados no jogo

O lateral Victor Ferraz foi um dos poucos jogadores ousados no jogo. Além de não comprometer na marcação, o lateral apoiou e sofreu bastante. Foi o atleta que chegou mais perto do gol ao finalizar na trave. Ferraz ainda salvou o Santos da derrota ao tira uma bola em cima da linha no minuto final.

Quem foi mal: Ricardo Oliveira quase não pega na bola e sai irritado

O atacante Ricardo Oliveira quase não pegou na bola no jogo contra o Santa Fe. O atacante só apareceu no jogo no primeiro tempo, quando finalizou de fora da área e acertou as arquibancadas do El Campín. Substituído no início do 2º tempo, ele se irritou. Segundo informações do SporTV, o camisa 9 chutou um copo e acertou em água até em membros da comissão técnica. Em seguida, ele se desculpou. 

Jean Mota é expulso em jogo de "cartões disparados"

 

Luis Acosta/AFP

 

O árbitro fugiu o estilo Libertadores, que deixa a bola rolar, e parou bastante o jogo com faltas. Ele também não economizou nos cartões. Foram 8 no total. Jean Mota tomou dois deles e foi expulso. O primeiro cartão foi por falta cometida, enquanto o segundo foi por retardar o início da partida. 

Sono! Nenhum chute em direção ao gol no 1º tempo

O primeiro tempo entre Santa Fe e Santos foi sonolento. A primeira etapa terminou sem nenhuma finalização a gol. Ricardo Oliveira até arriscou de fora da área, mas não dá pra contar como chute a gol. A bola foi na arquibancada. Castellanos e Vanderlei não fizeram nenhuma defesa. Os dois times foram conservadores, apostaram na posse de bola e troca de passes. As jogadas verticais não existiram. O Santos não sofreu a costumeira pressão de quem atua fora de casa nos primeiros 15 minutos iniciais. Por outro lado, a equipe santista não aproveitou a tranquilidade e "imitou" o estilo de jogo dos colombianos.

1 minuto de silêncio! Colombianos "matam" Ricardo Oliveira

 

Guillermo Muñoz/AFP

 

Era para o Santa Fe prestar homenagem ao ex-atacante do Santos, kaneco, que faleceu nesta terça-feira, vítima de câncer. Mas os colombianos comentaram uma gafe e anunciaram 1 minuto de silêncio ao atacante Ricardo Oliveira. A diretoria do adversário santista prometeu se desculpar após o jogo. 

Polêmica envolvendo Cleber será resolvida em reunião

O zagueiro Cleber, segundo reforço mais caro do Santos neste ano (custou R$ 7,3 milhões), foi barrado da viagem a Bogotá. Dorival Júnior alega que o defensor possui uma lesão que o impede de ser titular. Cleber, por sua vez, ressalta que só precisa de ritmo de jogo e que precisa jogar para isso. Atleta e jogador têm reunião marcada no retorno da delegação santista ao Brasil para discutir o assunto.

FICHA TÉCNICA
SANTA FE 0 X 0 SANTOS

Data: 19 de abril de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Local: Estádio El Campín, em Bogotá-COL
Árbitro: Fernando Rapallini-ARG
Assistentes: Juan P. Belatti-ARG e Gabriel Chade-AGR

Cartões amarelos: Jean Mota, Thiago Maia e Bruno Henrique (Santos); Gordillo, Perlaza e Gomes (Santa Fe)

Santa Fe: Leandro Castellanos; Juan Daniel Roa, David Moya, Antonio Urrego e Dairon Mosquera; Baldomero Perlaza (Pérez), Yeison Gordillo; Jonatan Gómez, Johan Arango; Valencia (Ceter) e Andrés Stracqualursi. Técnico: Gustavo Costas

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno (Leandro Donizete), Bruno Henrique (Yuri) e Ricardo Oliveira (Copete). Técnico: Dorival Júnior


Mais Notícias

Conmebol suspende Felipe Melo provisoriamente por três jogos

Confederação anuncia pena a volante do Palmeiras, que agora aguarda decisão do Comitê de Disciplina; jogadores do Peñarol também são punidos

Município entrega uniforme para atletas da Escolinha de Base

Os uniformes fazem parte dos seis kits recebidos do Governo do Estado no mês de março

Castelo Willys/Armazém Silva larga na frente no Campeonato Municipal de Bocha

Aconteceu na noite de desta quarta feira (26/04), a primeira partida da final jogo de ida do campeonato Municipal de Bochas 2017.

Análise: Palmeiras se transforma no intervalo e vira jogo histórico no Uruguai

Na partida marcada pela lamentável briga generalizada após o apito final, Verdão supera primeiro tempo sofrível com mudança tática no segundo tempo