Soja: Plantio nos EUA pressiona, mas vendas lentas no Brasil dão suporte às cotações em Chicago

16 Mai 2017 Fonte: Notícias agricula Agricultura e Pecuária
Plantio nos EUA pressiona, mas vendas lentas no Brasil dão suporte às cotações em Chicago

Plantio nos EUA pressiona, mas vendas lentas no Brasil dão suporte às cotações em Chicago

Apesar do bom avanço do plantio da soja nos Estados Unidos - de 14% para 32% da área - os futuros da oleaginosa negociados na Bolsa de Chicago trabalham com estabilidade na manhã desta terça-feira (16). Por volta de 8h (horário de Brasília), o julho valia US$ 9,65 e não apresentava variações, enquanto o novembro/17 - referência para a safra americana, perdia 1 ponto para valer US$ 9,59. 

O mercado internacional, como explicam analistas e consultores, parece ainda tratar com alguma incerteza e cautela as expectativas para a nova safra americana, embora, por enquanto, nenhum problema muito grave tenha sido registrado para a soja.