CAIXA disponibiliza saque do FTGS por calamidade para moradores de Maripá (PR)

22 Jun 2022 Fonte: Camila Angst/assessoria de Maripá para o Portal Palotina Destaques

PUBLICIDADE

Atlantis CRM - Lazzari Agência Web

Atlantis CRM - Lazzari Agência Web

A liberação, decorrente da forte chuva ocorrida no mês de abril, pode ser solicitada à CAIXA por meio do Aplicativo FGTS.

Os trabalhadores residentes em Maripápodem solicitaro saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. A liberação, decorrente da forte chuva ocorrida no mês de abril, pode ser solicitada à CAIXA por meio do Aplicativo FGTS.

Uma reunião foi realizada nesta terça-feira (21), no Paço Municipal, para esclarecer dúvidas e definir um ponto de apoio presencial no município para aqueles que tiverem alguma dificuldade em fazer a solicitação online.

A conversa envolveu a vice-prefeita, Janaína Müller Geraldi, o secretário de Assistência Social, Andrei Maurina e o gerente da Agência do Trabalhador local, Marciliano Barbosa, juntamente com a gerente geral da CAIXA de Palotina, GracieleOrtolan e o superintendente executivo de Varejo da CAIXA de Toledo, Luis Paulo Winiarski.

Ao todo, 114 municípios da Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo, Santa Catarina e Pernambuco foram habilitadas com o Saque FGTS por motivo de calamidade. “Sabemos que o FGTS já é um direito e um recurso do trabalhador. No entanto, o saque antecipado é justamente para momentos atípicos, como foi o caso do temporal e pode ajudar as famílias que perderam móveis ou tiveram que reformas suas casas”, pontua a vice-prefeita, Janaína Müller Geraldi.

O saque pode ser solicitado até 15/08 pelos moradores residentes nas áreas afetadas pelo temporal, conforme endereços identificados pela Defesa Civil Municipal.

É necessário possuir saldo positivo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00.

PONTO PRESENCIAL –Para aqueles que tiverem alguma dificuldade em fazer a solicitação online, poderão ir até a Agência do Trabalhador de Maripá, portando os documentos informados ao final desta página, conforme o seguinte cronograma:

27, 28 e 29/06: pessoas nascidas em janeiro, fevereiro e março;

30/06 e 01/07: pessoas nascidas em abril e maio;

04, 05 e 06/07: pessoas nascidas em junho, julho e agosto;

07 e 08/07: pessoas nascidas em setembro e outubro;

11, 12 e 13/07: pessoas nascidas em novembro e dezembro.

A Agência do Trabalhador de Maripá está localizada na Avenida Farrapos, nº 1.170. O atendimento ocorre de segunda e sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

SOLICITAÇÃO ONLINE -A solicitação é realizada de forma fácil e rápida pelo aplicativo FGTS, opção Meus Saques, no celular, sem a necessidade de comparecer a uma agência.

Ao registrar a solicitação é possível indicar uma conta da CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo. Os principais bancos são: BB – 001, SANTANDER – 033, UNIPRIME – 099, BRADESCO – 237, NUBANK – 260, ITAÚ – 341, SICREDI – 748 e SICOOB – 756.

Saque 100% digital — App FGTS

O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS.

Como solicitar o saque FGTS:

Seguem orientações para o trabalhador que tiver direito ao saque por calamidade:

  • Realizar o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro; ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque — Calamidadepública” — acessar a cidade;
  • Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade;
  • Selecionar a opção para creditar o valor em conta CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou outro banco e enviar a solicitação;
  • O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.

Informações sobre a documentação

  • Carteira de Identidade — também são aceitos carteira de habilitação e passaporte;
  • Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água ou outro documento recebido via correio, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade.
  • Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a).

Para mais informações, os trabalhadores também podem acessar o site da CAIXA ou entrar em contato com a CAIXA pelo Fale Conosco 0800 726 0207.

 

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DO GRUPO DE WHATSAPP DO PORTAL PALOTINA
SE VOCÊ JÁ ESTA EM UM GRUPO, NÃO TEM NECESSIDADE DE ENTRAR.