Pai e filho são presos suspeitos de roubar R$ 1,6 mil e matar familiar de 83 anos na Região de Curitiba

Um dos suspeitos era neto da vítima e o outro era genro; os dois confessaram o crime à polícia.

Um homem de 46 anos e o filho dele, de 26, foram presos pela Polícia Civil na madrugada desta quarta-feira (30) em Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, suspeitos de cometer latrocínio, roubo seguido de morte, contra um idoso de 83 anos.

O idoso é avô do rapaz de 26 e sogro do homem de 46. Eles foram presos após uma denúncia e confessaram o crime.

De acordo com as investigações, os dois sabiam que o idoso tinha recebido valores de dois salários mínimos e um décimo terceiro salário, cerca de R$ 1,6 mil, e foram até a casa dele com um facão com o objetivo de roubar o dinheiro.

Conforme o delegado Rafael Bacelar, pai e filho estavam embriagados e, ao chegar no local, o filho entrou na casa e exigiu o dinheiro do idoso, enquanto o pai aguardou do lado de fora.

O idoso, ainda de acordo com a polícia, se negou a entregar o dinheiro e foi agredido e morto pelo neto. Depois do crime, o homem ainda vasculhou a casa até encontrar os R$ 1,6 mil. Na sequência, ele fugiu com o pai, que o aguardava em uma motocicleta. O facão usado no crime pertence ao pai, ainda de acordo com o delegado.

O delegado Bacelar disse ainda que o valor roubado foi dividido posteriormente entre os dois. O homem de 46 anos era foragido da polícia e tinha um mandado de prisão por estupro de vulnerável.

Compartilhe

Posts Relacionados