Preso, Beto Richa é denunciado por envolvimento em esquema de corrupção nos pedágios

O Ministério Público Federal (MPF) do Paraná ofereceu nesta segunda-feira (28) duas denúncias à Justiça Federal...

O Ministério Público Federal (MPF) do Paraná ofereceu nesta segunda-feira (28) duas denúncias à Justiça Federal no âmbito da Operação Integração, que trata de um suposto esquema de corrupção nas concessões de rodovias do Anel de Integração. O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), preso na sexta-feira (25), e o seu irmão Pepe Richa, ex-secretário de Infraestrutura e Logística, estão entre os denunciados, além de outras 29 pessoas.

Os irmãos, de acordo com o MPF, comandavam o esquema de propina. Eles foram denunciados por corrupção passiva e organização criminosa. O MPF sustenta que houve um desvio de R$ 8,4 bilhões “por meio de supressões de obras rodoviárias e aumento de tarifas” – R$ 35 milhões em propina. Esta foi a segunda vez que Richa foi preso por envolvimento no esquema – a primeira delas foi em setembro do ano passado.

Mais informações em breve. 

Compartilhe

Posts Relacionados