Melhor ataque, melhor defesa, único 100%… Veja números do Santos de Sampaoli no Paulistão

Peixe tem início avassalador no estadual e surpreende sob comando do argentino

O Santos iniciou a temporada de forma avassaladora. Basta olhar as estatísticas para perceber que a equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli não se importou com o rótulo de "quarta força" e começou 2019 disposto a calar os críticos e brigar por títulos. O jogo entre Bragantino e Santos, na quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), terá transmissão ao vivo do Premiere 2 para todo o Brasil e acompanhamento em tempo real, com vídeos, no GloboEsporte.com.

Pode ser cedo para falar, mas as primeiras partidas do ano encheram o torcedor santista de esperança. Afinal, são três vitórias convincentes nas três partidas, além de sete gols marcados e nenhum sofrido.

Melhor ataque

São sete gols marcados em três jogos, média de mais de dois gols por jogo. O número é o mesmo do rival São Paulo, adversário vencido no último domingo. Jean Mota (duas vezes), Derlis González (duas vezes), Soteldo, Copete e Luiz Felipe são os responsáveis pelas bolas na redes até aqui.

Derlis González marcou dois gols pelo Santos em 2019 — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Derlis González marcou dois gols pelo Santos em 2019 — Foto: Renato Pizzutto/BP Filmes

Melhor defesa

Imbatível. O Santos é o único time do Paulistão que ainda não concedeu gols. E melhor: nos três jogos até o momento, Vanderlei pouco trabalhou ou foi exigido.

Único time 100%

Com a vitória no clássico, o Santos se consolidou como único time que ganhou todas as partidas disputadas no estadual. A segunda melhor campanha é a do Palmeiras, que venceu duas e empatou uma.

Time que mais finaliza

O estilo ofensivo de Sampaoli também está nas estatísticas. Como o Santos joga de maneira ofensiva e propõe o jogo, é o time que mais chuta a gol no Paulistão. Até o momento, são 50 finalizações (20 no gol e 30 para fora). O vice-líder no quesito é o RB Brasil, com 41 tentativas.

O atleta que mais finaliza também é do Santos: Jean Mota, com 10 (oito no gol e duas para fora). Empatado com ele está Felippe Cardoso, mas com um chute no gol e nove para fora. Wellington Simião, do Mirassol, também tem 10 tentativas (duas no gol e oito para fora).

Jean Mota é o maior finalizador do Santos no Paulistão — Foto: Marcos Ribolli

Jean Mota é o maior finalizador do Santos no Paulistão — Foto: Marcos Ribolli

Vice-líder em posse de bola

A principal obsessão de Sampaoli é que seu time consiga manter a posse de bola. No quesito, o Santos perde apenas para o Corinthians (64% a 60%) em média de posse por jogo.

Dupla de zaga participativa

Os dois jogadores do Santos que mais são passes, curiosamente, são os dois zagueiros titulares: Luiz Felipe e Gustavo Henrique.

Em três rodadas, Luiz Felipe deu 168 passes e errou apenas seis – uma média de 96,4% de toques certos. Gustavo Henrique, seu companheiro, deu menos passes (152), mas errou apenas dois, tendo 98,7% de média de passes certos.

Luiz Felipe e Gustavo Henrique são os jogadores com mais passes do Santos no Paulistão — Foto: Ivan Storti/Santos FC

Luiz Felipe e Gustavo Henrique são os jogadores com mais passes do Santos no Paulistão — Foto: Ivan Storti/Santos 

Compartilhe

Posts Relacionados