Observando O Tempo: O Valor das Imagens Históricas de Satélite

A mudança climática é talvez a ameaça mais existencial que a humanidade enfrenta. A questão de como as ações da humanidade afetarão a Terra e seu ambiente não é mais domínio exclusivo do debate acadêmico ou da pesquisa teórica. Hoje, a comunidade científica concorda amplamente que a mudança climática é real e que ela terá graves consequências econômicas e sociais para todos nós. Seus efeitos podem ser vistos e sentidos todos os dias – incêndios, enchentes, secas, derretimento de geleiras, verões mais quentes, invernos sem neve, ventos inesperados com força de furacão – só para citar alguns.

Aplicações de Imagens Históricas de Satélite

As imagens de satélite antigas fornecem uma grande quantidade de dados históricos e de arquivo, permitindo a análise retrospectiva e o monitoramento de tendências de longo prazo. Com o crescente número de satélites em órbita e a continuidade da aquisição de dados, os usuários podem acessar arquivos de imagens que remontam a vários anos ou até décadas. Esse vasto banco de dados histórico permite comparações, análises de tendências e a identificação de padrões ao longo do tempo. Esses recursos são inestimáveis para o monitoramento ambiental, o planejamento urbano e o gerenciamento de desastres, pois fornecem informações sobre mudanças de longo prazo e ajudam a avaliar a eficácia das intervenções.

As  imagens de satélite por data são uma das ferramentas mais importantes para compreender o clima e a influência da humanidade no mesmo. Medir o ritmo a que os glaciares estão a derreter, bem como a espessura do gelo marinho, ajudar-nos-á a prepararmo-nos para a subida do nível do mar e a compreender melhor as suas causas subjacentes.

Os dados de satélite também são importantes para monitorizar a qualidade do ar nas cidades de todo o mundo, o que pode ajudar os decisores a desenvolver políticas para limpar o ar. E as imagens de satélite facilitam o controlo de catástrofes, desde o acompanhamento de incêndios florestais na Índia até à monitorização de derrames de petróleo nos nossos oceanos.

As imagens de satélite e o GIS se tornaram ferramentas importantes para arqueólogos e pesquisadores por meio da aquisição de dados de locais físicos calibrados com precisão e informações integradas de várias fontes. As imagens de satélite históricas de alta resolução ajudam a identificar e analisar sítios arqueológicos, o que foi reconhecido desde os primórdios da aviação e está disponível por meio de uma variedade de sofisticados sensores de satélite de alta resolução que podem fornecer mais detalhes e benefícios ao investigar sítios arqueológicos.

As imagens de satélite por data

As imagens de satélite em tempo real são capturadas, em que coordenadas e comandos são enviados ao satélite indicando quando e onde a imagem deve ser capturada. Essas imagens são então processadas e prontamente entregues aos clientes ou arquivadas para uso posterior. Os arquivos contêm muitas imagens de diferentes locais, fornecendo dados valiosos para a análise de mudanças ao longo do tempo.

Os dados arquivados desempenham um papel importante em muitas aplicações geoespaciais, como gerenciamento de desastres e estudos sobre mudanças climáticas. As imagens de arquivo fornecem uma base para entender as condições do passado, enquanto as novas imagens revelam as mudanças atuais. Juntas, elas permitem que os analistas identifiquem as áreas danificadas, avaliem os riscos e planejem respostas eficazes.

A escolha das imagens de arquivo corretas depende do caso de uso específico. Para locais sujeitos a mudanças sazonais, é importante analisar as imagens obtidas durante a mesma estação, de preferência na mesma data. 

No monitoramento ambiental, as imagens de satélite são usadas para rastrear mudanças em áreas úmidas. Ao comparar as imagens ao longo do tempo, podemos observar a recuperação do lago após condições extremas de seca, como a diminuição da salinidade da água e o desaparecimento de um tom rosado.

No monitoramento agrícola, as imagens de satélite fornecem informações sobre a saúde e os padrões de crescimento das culturas.

Para que são utilizadas as imagens de satélite?

As imagens de satélite são utilizadas para uma variedade de fins, incluindo a criação de mapas e imagens, a detecção de alterações e a previsão meteorológica.

Imagens e mapas

As imagens de satélite podem ser utilizadas para criar mapas detalhados da superfície da Terra. Estes mapas podem ser utilizados para uma variedade de fins, incluindo navegação, planeamento urbano e gestão ambiental.

Deteção de alterações

As imagens de satélite podem ser utilizadas para detectar alterações na superfície da Terra ao longo do tempo. Por exemplo, as imagens de satélite podem ser utilizadas para monitorizar a desflorestação, acompanhar o crescimento de áreas urbanas ou monitorizar a extensão dos danos após uma catástrofe natural.

Previsão meteorológica

As imagens de satélite podem ser utilizadas para seguir os padrões meteorológicos, incluindo o movimento das nuvens, a localização das tempestades e as alterações de temperatura.

Compartilhe

Posts Relacionados