Cascavel decide armar a sua Guarda Municipal até de fuzis

Assim que 2024 começar, a Secretaria Municipal de Segurança Pública de Cascavel começará ultimar os detalhes de uma licitação para compra de mais 12 pistolas automáticas, três espingardas de grosso calibre e três fuzis para reforçar o arsenal da Guarda Municipal. A medida visa substituir equipamentos antigos e, ao mesmo tempo, fortalecer o poder de fogo da guarda.

O secretário Pedro Fernandes de Oliveira defende a tese de que isso servirá para intimidar os criminosos. “Quando você tem uma capacidade de reação maior, você automaticamente está prevenindo o crime”, explica ele, ressaltando que a aquisição desse armamento pesado tem exatamente essa finalidade.

Ainda segundo o secretário, os guardas precisarão passar por um treinamento especial para usar esses fuzis, que ficarão à disposição apenas dos que vierem integrar uma equipe especializada chamada Roma (Ronda Ostensiva Municipal). (Foto: Reprodução)

Compartilhe

Posts Relacionados