Maripá vai receber R$ 45 mil para ações e programas voltados às mulheres

O anúncio ocorreu nesta quarta-feira (6), durante evento da Secretaria da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa (Semipi) do Governo do Estado, em Curitiba.

O Município de Maripá foi contemplado com o repasse de R$ 45 mil para ações e programas voltados às mulheres. O anúncio ocorreu nesta quarta-feira (6), durante evento da Secretaria da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa (Semipi) do Governo do Estado, em Curitiba.

O município esteve representado no evento pela primeira-dama Angela de Azevedo Schanoski, pelo secretário de Assistência Social, Andrei Maurina, pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – CMDM, Juliana Pastore Massocatto e pela vice-presidente do Conselho, Valdirene Wulf.

A autorização do repasse priorizou municípios que tenham constituídos um Conselho da Mulher e de um Fundo Municipal da Mulher, beneficiando 75 cidades do Paraná com o aporte total de cerca de R$ 6 milhões.

Criado pela Lei nº 1.294, de 4 de julho de 2023, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Maripá – CMDM é um passo importante no desenvolvimento de políticas públicas voltadas a este público.

Segundo a presidente do conselho, Juliana Pastore Massocatto, este compromisso do estado do Paraná sinaliza um importante passo na promoção da igualdade entre homens e mulheres e no fomento de seus direitos.

“Nosso conselho municipal foi recém constituído e é um grande salto na garantia dos direitos das mulheres em Maripá. Este recurso poderá ser aplicado no fortalecimento do conselho, no atendimento a mulheres em situação de violência, no atendimento a mulheres e seus filhos em situação de violência de alto risco, em promoções de enfrentamento e prevenção a violência contra a mulher”, explica a presidente.

O conselho tem por finalidade possibilitar a participação popular e propor diretrizes de ação voltadas à promoção dos direitos das mulheres e atuar no controle social de políticas públicas de igualdade de gênero, assim como exercer orientação normativa e consultiva sobre os direitos das mulheres no âmbito municipal.

Compartilhe

Posts Relacionados