Conhecendo os componentes do sistema a plasma

As matérias possuem mais estados do que pensamos, além de sólido, líquido e gasoso, temos o plasma.

As matérias possuem mais estados do que pensamos, além de sólido, líquido e gasoso, temos o plasma. Por exemplo, para atingir o estado do plasma, o vapor precisa se decompor em vários gases diferentes tornando-se condutor ou ionizado. A forma ionizada é o plasma. Entenda quais são os componentes do sistema a plasma.

Esse processo foi desenvolvido na década de 50 e com o passar dos anos foi incorporando diversas tecnologias que o tornaram um dos principais métodos para o corte de materiais.  Os processos mais recentes foram desenvolvidos pela agrupação do sistema de corte plasma manual à mecanizado, fazendo com que eles sejam equipados com sistema de jato coaxial de ar, que permite um corte mais rápido e preciso.

Como funciona o sistema de corte a plasma

O eletrodo plasma presente em uma máquina de corte a plasma funciona como o “coração” da máquina, uma vez que o desgaste, falha ou ausência das peças pode modificar a qualidade final dos metais fragmentados, seja quanto à precisão do corte ou acabamento final da peça de metal.

O corte a plasma é um processo que utiliza um bico com um orifício para constringir o gás ionizado em alta temperatura até que possa se utilizado para cortar seções de metais, como o aço carbono, aço inoxidável, o alumínio e outros metais eletricamente condutores. A tecnologia do corte a plasma tem o maior crescimento no mercado por causa da sua velocidade e precisão no corte.

Os equipamentos utilizados para fornecer a energia do plasma são um gerador de alta frequência, gás para gerar a temperatura da chama e ionizado como meio condutor do arco elétrico (ar comprimido, argônio, hidrogênio nitrogênio, oxigênio), uma tocha plasma e um grampo terra para fechar o circuito elétrico, além é claro, da peça que será utilizada no corte.

Vantagens do sistema a plasma

A principal vantagem de usar o máquina de plasma para corte em relação ao oxi-corte, é a redução do risco de deformação por causa da propagação térmica na área de corte e sua a velocidade com que realiza o trabalho com exatidão.

A máquina de solda plasma é utilizada para realizar a soldagem a arco elétrico geram calor. As vantagens desse processo estão na questão logística que engloba a operação de compra, transporte e estoque do material, e também em uma tolerância maior à variação do comprimento de arco, além de maior eficiência em relação a térmica gerada pela fusão dos materiais.

Entretanto o uso do cortador de plasma não é aconselhado para cortes em pequenos pedaços, por conta da sua temperatura elevada que pode vir a deformar a peça utilizada.

Compartilhe

Posts Relacionados