Palotina: Cemitério tem lotação “quase” esgotada e nova área para sepultamentos está em estudo

É fato que o espaço para sepultamentos no único cemitério da cidade beira à superlotação

É fato que o espaço para sepultamentos no único cemitério da cidade beira à superlotação. Há anos que esta situação vem sendo estudada e a Folha apurou que uma nova área deverá ser viabilizada pela atual administração para que o novo cemitério seja implantado na cidade.

Quem visita o cemitério nem imagina o esforço concentrado que é feito para garantir vagas no restrito espaço. A administração municipal já teria definido para estudo uma área que fica próximo à Asfuca, no acesso à Linha Água Branca.

Os encaminhamentos para o devido licenciamento da área já estariam sendo preparados. Em contato com a Folha, ontem, o secretário municipal de Administração, Felipe Zago, informou que o município vem discutindo uma solução para este problema há muito tempo e que o novo cemitério já está projetado.

Ele disse que é intenção da administração sugerir um novo modelo de cemitério, diferente do que temos atualmente. O Cemitério Municipal possui atualmente jazigos e a ideia seria sugerir para consulta popular um cemitério jardim, sem monumentos onde a única identificação seria a lápide.

Em várias cidades já existe este tipo de cemitério. A administração não definiu em que prazo deverá haver a mudança do cemitério.

Compartilhe

Posts Relacionados