Diretor de futebol do Athletico é demitido um dia após derrota no Atletiba

Rui Costa exercia o cargo desde agosto de 2018. Clube confirmou sua saída, mas não explicou o motivo

O diretor de futebol do Athletico, Rui Costa, foi demitido do clube nesta manhã, um dia após a derrota do clube por 2 a 1 no clássico Atletiba do Paranaense. Sua saída foi confirmada pela jornalista Nadja Mauad, do Blog da Nadja, e, pouco depois, o Athletico divulgou uma nota curta sobre a saída, mas não apontou o motivo.

Rui Costa estava no cargo desde agosto do ano passado e era o elo entre a diretoria e os jogadores. Também tinha como atribuição a contratação de jogadores.

Procurado pelo blog, o dirigente apenas confirmou que realmente não é mais o diretor de futebol do clube. O ex-diretor de futebol ficou abalado com a saída do clube, considerada inesperada.

Costa chegou ao Athletico para assumir o cargo deixado por Paulo Autuori. Na ocasião, o departamento de futebol do Furacão não tinha um homem forte desde a saída de Fernando Diniz que, além de treinador da equipe principal, também acumulava o cargo de gestor. do clube.

Formado em Direito, o diretor também havia trabalhado no Grêmio e na Chapecoense.

O dirigente divulgou um nota de agradecimento. Confira abaixo:

"Neste dia 31 de janeiro, em que encerro minha passagem pelo Clube Athletico Paranaense, venho a público manifestar meu profundo agradecimento a essa instituição que tão bem me acolheu. Foi um período de muitas alegrias, aprendizado e conquistas inesquecíveis, como a Copa Sul-Americana.

Saio do clube com certeza de que o projeto do qual fiz parte trará ainda muitas alegrias e vitórias ao rubro-negro. Creio fortemente que o time principal fará uma temporada que encherá o athleticano de orgulho, sentimento semelhante ao que vivemos no fim de 2018, com o primeiro título internacional da história do clube. Mesmo longe do dia-a-dia, seguirei com uma parte do meu pensamento na Baixada. Acredito muito nessa garotada que hoje representa a agremiação no Campeonato Paranaense. Independentemente de resultados imediatos, teremos muitos frutos saindo dessa nova geração. E saio convicto de que o CAP fará uma grande Taça Libertadores e continuará entre os melhores do Brasileirão.

Muito obrigado aos presidentes Mario Celso Petraglia e Luiz Salim Amed, a toda comissão técnica, jogadores e demais profissionais. Faço uma reverência especial ao torcedor que continua demonstrando um carinho muito grande comigo e que mostrou ao Brasil em 2018 que vibrar por essa camisa é algo diferente, é ter sangue forte. Deixo meus agradecimentos a todos e meu desejo de muito sucesso em 2019."

Compartilhe

Posts Relacionados